Presentes da vida, de Emily Giffin

19:54

"Eu nasci bonita" 
Essa é a primeira frase do livro. 
E bom, eu fiquei com medo pois uma personagem que já vem falando isso e dando uma descrição do quanto ela foi invejada na sua vida toda por ser bonita, e o quanto a beleza influiu em todas as suas conquistas na vida, e o quanto a beleza importava pra ela... não deve ser coisa boa. E, até certo momento acertei, rs.
Darcy tem uma vida perfeita: é noiva de um homem rico, tem uma carreira de glamour, amigos impecáveis, é irresistível: atrai homens e mais homens. Ah sim, ela é insuportável: prepotente, egoísta, superficial, mimada, manipuladora, extremamente fútil... Caraca, nem sei como eu posso descrever essa personagem. Eu cheguei a considerar devolver esse livro à biblioteca, antes mesmo de chegar a página 100.

Mas não. Eu dei uma chance. O livro tinha o típico cheiro de clichê. Tá. Dei uma chance.
Me arrependi? Não. Morri de amores? Também não.

A escrita da autora é legal, não tive nenhum problema com isso. O problema é com a Darcy, a moça bonita que faz a leitura ser insuportável nas primeiras páginas. A história fica mais interessante a partir do momento em que tudo desmorona na vida ~perfeita~ dela: seu noivo, Dex, e Rachel, sua melhor amiga, ficam juntos; ela fica grávida do melhor amigo do noivo dela antes do noivado ter terminado (corno duplo, mon ami) e o tal amante não está afim de assumir aquela responsabilidade e a abandona. Sem falar que seus "amigos" e sua família também não estão nem aí pra isso tudo. Para "fugir" dessa confusão, ela se muda pra Londres, para uma 'visita' (sem previsão de volta) ao seu amigo de infância Ethan, que é o meu personagem preferido, meu amorzin <3

Nós conhecemos a Darcy a partir daí. Acho que ela começa a perceber quem é ela de verdade, a partir daí. Agora, sozinha (e grávida!), totalmente fora de sua zona de conforto, ela percebe que o mundo não gira ao seu redor, vê que precisa mudar o rumo de sua vida e crescer (só pra constar, a Darcy não é adolescente, tem 30 aninhos de estrada!!!1. E o Ethan é um anjo nessa história, foi quando ele apareceu na história que eu passei a simplesmente devorar o livro em uma noite. Então, palmas pro Ethan que ele merece, djsaijdaidsa.

A história é clichê, ou seja, o final é bem previsível; não é uma leitura que mudou a minha vida, e que nem me surpreendeu tanto, mas é boa. 
Tem um outro livro chamado Noivo da minha melhor amiga, que conta justamente os fatos dessa história da visão da Rachel e tal, e não tenho muita vontade de ler, apesar de ter gostado da história. Quem sabe um dia eu leia, mas por enquanto, tenho outros por aqui.
Nota: ♥♥♥ (3/5)






Ficha técnica:
Nome: Presentes da vida
Autor: Emily Giffin
Número de páginas: 384
Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
ISBN: 9788563219947
// NO SKOOB //

Você gostaria de ver

20 comentários

  1. Nossa, eu odeio pessoas mimadas e chatas, concerteza eu iria odiar a Darcy. Esse livro parece ser mais ou menos, talvez um dia eu leia....
    www.s-freeze.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também. Na verdade, acho que ninguém gosta de gente desse tipo :~ Não é um livro pra criar grandes expectativas, mas é legalzin, huhehe :)

      Excluir
  2. Eu já li um livro da Emily e gostei bastante. Mas alguns comentários sobre os livros dela desanimam muito, e o seu foi um desses. Acho que vou ler um livro mais light dela, espero não me arrepender. Adorei a resenha, bem sincera!
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tive problema com a escrita dela, a história flui em um ritmo legal.Tem certos pontos que a leitura chega a ser insuportável, mas por culpa da personagem mesmo, udhsauhdaua. Creio eu que foi intenção da própria autora, e, como a história é clichê e tal, acaba induzindo o leitor querer chegar ao final (ou não, talvez). Leia sim *u* E thanks <333
      Kissus

      Excluir
  3. Eu sou bem convencida se você der corda, mas não tanto a ponto de comçar um livro sobre mim com essa frase. E depois que foi descrevendo a personagem eu percebi que não tenho mais nada a ver com ela, enfim, achei o livro bem legalzinho, mas o problema foi a capa, sei lá, me lembra um romance do Nicholas Sparks, e eu não passo nem perto dos livros dele.
    Ai Sara me conta aí, já está de férias? Passou direito? Uhh, já está se formando ~clap clap~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UAHAHHAHDASUH Patty >_< Ela é insuportável, teve uma hora que eu fiquei com vontade de jogar o livro no chão e__e'
      Sobre a capa, eu achei super sem graça u_u Gostei da frase quem tem "nem sempre o que queremos é o que realmente precisamos". Acho que peguei o livro porque 1-era novo na biblioteca da minha escola 2-é da Novo Conceito ♥. Mas, se eu fosse escolher pela capa, iria passar de longe u-u
      Enfim, ainda não tenho certeza se passei em todas *Matemática e Geografia estou livre*, mas meu colégio tá atrasadão, vai ter aula em janeiro ç-ç Por isso que tô fazendo de tudo pra passar de ano logo, porque eu quero pisar meus pés naquele colégio em janeiro T_T UAHAHHAHA :P

      Excluir
  4. Sarah sem H? haha, prazer, Sarah com H!
    Eu ri bastante da sua resenha, riaria. Achei bem sincera e honesta. Afinal, eu nunca vi ninguém morrer de amores por todo o livro que lê, por isso gostei da sua. Confesso que conforme fui lendo fiquei bem animada por saber que ela perde quase tudo ao decorrer do livro e tudo se transforma numa constante treta. Apesar de já saber que o começo é meio desanimador, fiquei bem curiosa '-'
    Bjs, Sarah
    http://tutori-ar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UAHHAHAHAH Olá Sara com H!!!
      UHSDUHAUHDUAH :P Acho que o fato da ~perfeição~ da vida dela desmoronar é o faz o livro valer a pena, huehue xD (e o Ethan, é claro, rs)
      Kissus

      Excluir
  5. Eu gosto tanto de quando a blogueira é sincera e diz que gostou mas não chegou à amar como muitos dizem, adorei tua sinceridade AHUAHAUHAUA
    Pelo que você diz ele tem cara de ser bem aqueles livros montanha-russas, que tem os pontos ótimos e altos e depois cai e não para e demora um pouco pra descer.
    Eu não conhecia o livro, só conhecia a autora, queria eu achar livros que sejam até bons como esse na biblioteca da minha escola...
    Beijoos ♡ || Caramelos Encantados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UHAHAHAHHA :) THIS!!1 Exatamente isso. Não é totalmente ruim: começa ruim, fica mais um pouco, aí depois sobe o nível um pouquinho.
      Lá na biblioteca, no final do ano passado chegaram livros novos assim, tinha vários lá ~<3
      Kissus

      Excluir
  6. Sabe aquela vontade imensa de ler um livro?
    Pois é, eu não tô sentindo isso AUEHAUEHAUHEAUEH
    Que maldade cara *-* Já viu o livro "O Maravilhoso Agora"? Já viu alguma pessoa que se chama Aimee? Assim como eu escrevi? É o meu nome e nesse livro, a menina por quem o cara se apaixona se chama Aimee! Ou seja, eu sou apaixonável APOKSAPOSKAPOSK
    Informação muito relevante pra tua vida...não sei por que eu quis falar isso .-.
    || Zombies Vegetarianos ||

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. JDSAIJDIAJDIAJIDJA *u*
      Não, nunca li esse livro. E já conheci uma pessoa que tinha um nome parecido, acho que era Aymée, algo do tipo.
      HDUASHDUAHSUDHAUHDUHA UH MORRI AQUI !!!11
      Eu tenho um azar com personagens com o mesmo nome que eu, porque eu sempre sempre SEMPRE não gosto das Sara's dos livros, porque são chatas TuT
      E teu nome é lindo, gamei aqui *u*

      Excluir
  7. Esse gif de inicio sjadjsbdjb
    Achei você bem sincera com a resenha,todo blog que vejo que tem resenha parece que o livro fez a vida dela mudar, mas não é assim.
    Ela deve ser bonita mesmo, mas não sou muito fã desse tipo de personagem, eu sou muito antipatica com eles, talvez eu poderia até ler, mas não vai entrar para a minha listinha.
    Adorei u3u
    http://s-sessaoproibida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lunii ^_^ Também não curto esses personagens, mesmo que eles possam (ou não) mudar no final, eu continuo com a primeira opinião que tive sobre eles. Acaba sendo um certo tipo de pré-conceito de minha parte, djaisjdiaidjsa, mas sou assim, fazer o quê.
      Obrigada, e volte sempre *u*

      Excluir
  8. Oláaa! Adorei o blog, a forma como você escreve os posts é tão interativa e descontraída que dá vontade de ler mais e mais hahaha dei umas boas risadas com os gifs e os comentários que você faz no meio dos textos.

    Bom, numa Tag Literária eu deveria indicar 11 blogs para respondê-la e, entre eles, escolhi o seu.

    http://halldoslivros.blogspot.com.br/2014/12/tag-liebster-award.html o link da tag é esse, espero que você curta respondê-la!

    Beijão :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Yasmim; fico muito feliz em saber isso!
      Eu acho que já respondi essa tag aqui :( Mas eu li as tuas perguntas e fiquei com vontade de responder, então, vou responder de novo u_u -q
      Beijos!

      Excluir
  9. Adorei a primeira frase do livro e o gif do Troy pra enfatizar SHUASHUASHUSAHU...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IJDSIJDIJSDIJIDJS Foi o primeiro gif que veio na minha cabeça na hora que eu tava escrevendo :)

      Excluir
  10. Esse livro. ❤
    Devo dizer que discordo da resenha: Morri de amores pelo livro, sim! Inclusive me fez comprar todos os livros da autora. Mas isso, claro, pra quem ama romance. E eu sou dessas. Chorei no casamento deles e detestei Rachel com todas as forças, apesar de tê-la amado no filme O noivo da minha melhor amiga. É uma questão de ponto de vista, me fez ver que não existe real vilão, entende?
    Mas como muita gente disse, sua sinceridade é admirável! Haha espero que dê chance a outros livros dela, como questões do coração.
    Enfim, espero não ter dito nada que tenha ofendido ⌒.⌒
    Um abraço, Sara(h).

    plea-sure

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guria, opiniões distintas são super bem vindas por aqui, haha *u* Eu adoro ver essa diversidade de opiniões e pontos de vista que cada um tem das histórias :)
      Concordo quando tu fala que não existe um vilão real ali, e eu gostei da escrita da autora sim; quando puder, irei ler outra obra dela.
      Muito obrigada pelo comentário, Lee *-*

      Excluir

olá, obrigada por comentar!
sim, vou responder seu comentário e se você deixar o link do teu blog aqui tentarei fazer uma visita, e, quem sabe, marcamos para tomar sorvete qualquer dia desses.
beijos no coração!